RETINOPATIA DIABÉTICA

Retinopatia Diabética (RD) é a doença ocular causada pela Diabetes Mellitus(DM) e é considerada uma importante causa de perda visual em pacientes ativos e de meia idade. É apontada a complicação mais frequente da Diabetes Mellitus, doença esta causada por uma disfunção do pâncreas na produção de um hormônio chamado insulina. A Retinopatia diabética é uma patologia progressiva que atinge os vasos oculares (padrão microvascular) e pode levar a cegueira se não for tratada.


  • Recebi o diagnóstico de Diabetes , quando devo procurar um oftalmologista?


Dado o diagnóstico da diabetes mellitus, o paciente deve imediatamente procurar um oftalmologista, normalmente especializado na área de retina, para diagnóstico ocular e melhor tratamento.











  • · Classificação da Retinopatia Diabética


A classificação da retinopatia diabética e dividida em doença não proliferativa e proliferativa.

A Retinopatia Diabética Não Proliferativa (RDNP) representa o estágio inicial da doença e pode ter como alterações microaneurismas, hemorragias e exsudatos duros , que podem ser detectados em exames como fundo de olho, no aspecto mais amplo, o que chamamos de mapeamento de retina no qual toda retina e examinada. Durante evolução da doença pacientes podem sofrer de baixa da acuidade visual ocasionado por edema macular diabético no qual há um processo de edema na região central da retina.

A Retinopatia Diabética Proliferativa é considerada a fase mais tardia da Retinopatia Diabética quando o paciente pode vir a sofrer de Hemorragia intraocular( Hemovítreo) ou Descolamento de Retina.

  • · A classificação da retinopatia diabética e dividida em doença não proliferativa e proliferativa.

·

  • A Retinopatia Diabética Não Proliferativa (RDNP) representa o estágio inicial da doença e pode ter como alterações microaneurismas, hemorragias e exsudatos duros , que podem ser detectados em exames como fundo de olho, no aspecto mais amplo, o que chamamos de mapeamento de retina no qual toda retina e examinada. Durante evolução da doença pacientes podem sofrer de baixa da acuidade visual ocasionado por edema macular diabético no qual há um processo de edema na região central da retina.


  • · A Retinopatia Diabética Proliferativa é considerada a fase mais tardia da Retinopatia Diabética quando o paciente pode vir a sofrer de Hemorragia intraocular (Hemovítreo) ou Descolamento de Retina.


  • Tratamentos


> O primeiro tratamento que é direcionado a todos os pacientes é o controle da glicose , através de medicações reduzem a glicemia via oral ou uso de insulina . Em geral é conduzido pelo médico endocrinologista ou clínico geral.


> Os tratamentos oculares, conduzidos pelo oftalmologista, em geral especializado em retina, dependem do estágio ocular em que a doença se encontra, atráves de exames minuciosos como o mapeamento de retina e retinografia Podem ser através de colírios, terapia com laser (fotocoagulacão a laser) ou até procedimentos mais invasivos como aplicação de antiangiogênicos, medicações a base de corticóide e cirurgia (vitreorretinianas)

Bibliografia: 
1) CBO
2) https://doi.org/10.3390/ijms19061816
0 visualização
BARRA DA TIJUCA
Av. das Américas, 3301
Bl  5 | Grupo 304
CENTRO
Av. Nilo Pecanha, 50
Grupo 2001
LEBLON
Carlos Gois, 375
Grupo 407
COPACABANA
Santa Clara, 70
Grupo 1108
  • Instagram NMOcular

© 2018-2020  Nucleo de Microcirurgia Ocular do Rio de Janeiro